Tratamento com ISOTRETINOÍNA - Episódio 1

segunda-feira, fevereiro 13, 2012

      Este é o primeiro de uma série de posts que farei sobre o acompanhamento do tratamento que estou fazendo, para ACNE, com o medicamento ISOTRETINOÍNA.
     Resolvi contar para vocês, passo a passo do tratamento, pois com certeza, eu sou uma entre várias, que enfrentam esse problema!
     No EPISÓDIO 1, do que vou chamar de "série", vou enfatizar a atuação do medicamento, e as reações adversas, baseada em dados publicados em artigos por profissionais que estudaram sobre o assunto (Os links dos artigos serão disponibilizados no final deste post).

MEDICAMENTO
        
        A ISOTRETINOÍNA é um composto que atua, principalmente, na diminuição da secreção sebácea da pele, diminuindo também o tamanho da glândula sebácea, fazendo com que ocorra a amenização da oleosidade da pele.
        Ela diminui o tamanho dos folículos, impedindo, assim, a formação daquelas espinhas internas monstruosas, reduz também o número da principal bactéria causadora da inflamação, a Propionibacterium acne, e não deixa que seja formado o pûs.
       O seu uso só é indicado para os casos de acne avançada, assim como a minha.

EFEITOS ADVERSOS
      
       Os mais comuns são: ressecamento das mucosas, principalmente labial, da pele, olhos, descamação da pele, cefaléia, dores musculares, insônia, elevação do colesterol e triglicérides e das enzimas hepáticas.


CONTRA-INDICAÇÕES

       Em casos de obesidade com disfunção no colesterol e triglicérides, Diabéticos que fazem uso de insulina, doentes renais e hepáticos, depressivos, epiléticos e psicóticos.
       E a PRINCIPAL, a hipótese da GESTAÇÃO DEVE SER EXCLUÍDA, já que a TERATOGÊNESE (Má formação do feto) é a reação adversa mais grave. Portanto, deve ser confirmado que a paciente não está gestante antes de começar o tratamento, assim como, deve ser feito este exame mensalmente.

Abaixo, algumas fotos de resultados positivos de pessoas que fizeram o tratamento:




MEU RELATO

    Sempre tive espinhas, desde que me conheço por gente, e sempre recorri a medidas paleativas, com cremes, géis secativos e "receitas caseiras", e o resultado sempre era o mesmo, as espinhas nunca sumiam!
    Foi quando, em 2011, com 23 aninhos, que resolvi dar um basta neste problema que me incomoda absurdamente. Procurei um dermatologista e ele me indicou este tratamento. Comecei a tomar o medicamento dia 23 de janeiro, e alguns sintomas como, ressecamento labial e da pele já se manifestaram. 
    A acne diminui um pouco, e estão menos inflamadas e vermelhas.
    Estou apostando muito neste tratamento, espero que dê certo. Ao longo do tratamento postarei fotos de antes e depois.

REFERÊNCIAS E MAIORES INFORMAÇÕES




Bom meninas e assim termina o Episódio 1!!!








Você também pode Gostar

3 comentários

  1. Que legal este post, fiquei impressionada com as fotos do tratamento, melhorou bastante né?.

    Amei aqui e estou seguindo, se puder segue:

    nossoglamour.blogspot.com

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Interessante, eu não tenho espinhas, mas a pele oleosa volta e meia traz cravos, meu dermatologista me receitou um que estou usando agora, mas até agora não teve tanto resultado, demora né?!?!

    Boa sorte no seu tratamento!!!
    Seguindo aqui, se quiser conheça meu blog e siga tbm!
    www.metalmake-up.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oii linda, tem um selinho pra você lá no blog..
    beijos

    http://conteudorosachoque.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *